Domingo 24 de Setembro de 2017
Home / História

História

É possível que a estrutura da Igreja seja resultado de obras quinhentistas ou início de seiscentos. Contudo, a fachada principal da Igreja, quer sobretudo o seu programa iconográfico, são já certamente resultado das reedificações do 1º quartel do sec. XVIII.

Os 22 painéis de azulejo são atribuídos à oficina de Oliveira Bernardes, tendo sido, possivelmente, realizados no primeiro quartel do sec. XVIII. Não estão assinados e a atribuição baseia-se no método comparativo formalista e na coerência cronológica.

É um exemplar notável da arquitetura religiosa barroca erudita.

– Cronologia

1532 – Início da construção da Igreja; séc. XVI execução da tela pintada a óleo representando a visitação; 1601 – data inscrita em coluna do átrio da Provedoria assinalando provavelmente a sua conclusão; 1712 – Igreja ameaça ruína; séc. XVIII, fim do 1º quartel, provável execução dos painéis de azulejos; séc. XVIII execução do retábulo-mor; 1743 pintura do teto da Igreja; 1739 execução dos nichos laterais do retábulo-mor; 1921 arranjo do largo frontal e da escadaria atual; 1930 colocação dos portões no adro; 1932 – 13 de Agosto – a Igreja passa a estar aberta ao culto diário.